Dia Mundial da Língua Portuguesa

As comemorações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, que se assinala esta quarta-feira, decorrem em 44 países, com mais de 150 atividades, em formato misto, presencial e virtual, devido à pandemia de covid-19.

Proclamado em 2019 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), este é o segundo ano em que se celebra o Dia Mundial da Língua Portuguesa.


Autor do mês: Eduardo Lourenço

Nasceu em Almeida em 1923 e faleceu em Lisboa em 2020.

Eduardo Lourenço foi um professor e filósofo português.

Recebeu diversos prémios e condecorações, incluindo o Prémio Camões em 1996.

De 2016 a 2020 foi Conselheiro de Estado.

Destacou-se em várias áreas,

Influenciado por muitas leituras , foi associado ao existencialismo, sobretudo por volta dos anos cinquenta, altura em que colaborou na Árvore. Nunca se deixou enfeudar, todavia, a qualquer escola de pensamento, já que, embora favorável a ideias de esquerda, nunca abandonou uma atitude crítica .

Com uma clara autoridade moral, foi-lhe atribuído o Prémio Europeu de Ensaio Charles Veillon (concedido em 1988 por ocasião da sua obra Nós e a Europa ou as Duas Razões) no ano em que foi colocado em Roma como adido cultural português.

Crítico e ensaísta literário, virado predominantemente para a poesia, assinou ensaios polémicos como Presença ou a Contra-Revolução do Modernismo Português? (1960) ou um particular estudo sobre o neorrealismo intitulado Sentido e Forma da Poesia Neo-Realista (1968). Aproximou-se da modernidade na obra de Fernando Pessoa  a propósito da qual publicou o volume Pessoa Revisitado (1973) ou Fernando Rei da Nossa Baviera (1986).

Indiferente à sucessão de correntes teóricas, e fugindo tanto ao historicismo como a pretensas análises objetivas, a perspetiva de Lourenço influenciou já outros autores.

Morreu em Lisboa a 1 de dezembro de 2020, aos 97 anos. O Governo decretou 1 dia de luto nacional.

Da sua obra destacamos:

As mais antigas celebrações do Dia da Mãe remontam às comemorações primaveris da Grécia Antiga, em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses. Em Roma, as festas comemorativas do Dia da Mãe eram dedicadas a Cybele, a Mãe dos Deuses romanos, e as cerimónias em sua homenagem começaram por volta de 250 anos antes do nascimento de Cristo.

 Em Portugal   é comemorado no primeiro domingo do mês de maio.

O Dia da Mãe é uma data que homenageia anualmente a figura familiar materna (mãe) e a maternidade. A data de comemoração varia de acordo com o país

Em Portugal, o Dia da Mãe chegou a ser celebrado a 8 de dezembro, mas passou a ser celebrado no 1º domingo de maio, em homenagem à Virgem Maria, mãe de Cristo, que se celebra durante o mês de maio.

A data é uma homenagem a todas as mães e serve para reforçar e demonstrar o amor dos filhos pelas suas mães.

A homenagem remonta ao dia 1 de maio de 1886, quando uma greve foi iniciada na cidade norte americana de Chicago, com o objetivo de conquistar melhores condições de trabalho, principalmente a redução das horas diárias de trabalho, que chegava a 17 horas, para oito horas.  Nessa manifestação, houve confronto com polícias, o que resultou em prisões e mortes de trabalhadores. Foi esta manifestação que serviu de inspiração para muitas outras que se seguiriam e essas lutas não foram em vão.

“Os trabalhadores de todo o mundo conquistaram uma série de direitos e, em alguns países, tais direitos ganharam códigos de trabalho e também estão legislados por Constituições.”

No1º de maio de 1891 , uma manifestação no norte de França foi dispersada pela polícia, resultando na morte de dez manifestantes. Esse novo drama serviu para reforçar o significado da data como um dia de luta dos trabalhadores. Meses depois, a data foi proclamada   como dia internacional de reivindicação de condições laborais.

Dia Internacional do Jazz

Foi em 2012 que se celebrou pela primeira vez o Dia Internacional do Jazz.

A comemoração tem como objetivo lembrar a importância deste género musical e o seu contributo na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história. O jazz está associado à luta pela liberdade e à abolição da escravatura.

Teve origem nos Estados Unidos da América, através da comunidade afro-americana no século XIX, tendo-se popularizado nas primeiras décadas do século XX.

New Orleans é reconhecida como a cidade onde nasceu o jazz. Acredita-se que a palavra jazz advém da gíria norte-americana.

Sugestão de leitura:

Jazz é um romance que recria a temática e a forma da música de blues.

Nele, Toni Morrison fala sem reservas de sua angústia com as injustiças praticadas contra mulheres negras.

Dia Mundial da Terra, 22 de abril

A data foi criada em 1970, pelo senador norte-americano Gaylord Nelson que resolveu realizar um protesto contra a poluição da Terra, depois de verificar as consequências do desastre petrolífero de Santa Barbara, na Califórnia, ocorrido em 1969.

Inspirado pelos protestos dos jovens norte-americanos que contestavam a guerra, Gaylord Nelson, desenvolveu esforços para conseguir colocar o tema da preservação da Terra na agenda política norte-americana.

A população aderiu em força à manifestação e mais de 20 milhões de americanos manifestaram-se a favor da preservação da terra e do ambiente.

O Dia Mundial da Terra conta já com mais de mil milhões de atos realizados em prol do ambiente ao longo da história. É o maior dia do ano para o planeta Terra, desejando que todos os habitantes do mundo realizem algum ato que o proteja. Este ato será uma espécie de semente para regar durante o resto do ano.

Investigadores e associações ambientalistas alertam para o perigo e consequências do aquecimento global da Terra, nomeadamente: ·aumento da temperatura global da Terra; ·extinção de espécies animais; ·aumento do nível dos oceanos; ·escassez de água potável; •maior número de catástrofes naturais, como tempestades, secas e ondas de calor.

E de Miguel Torga