Arquivos

Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas | Visita 19 de dezembro

posto_comando_pontinha

Anúncios

Batalha de La Lys – Grande Guerra I

https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/12750/1/Guilhermina%20Mota%2038.pdf

‘A madrugada de 9 de Abril de 1918 despertou violenta na Flandres, onde as tropas portuguesas foram esmagadas por uma força alemã muito superior. A batalha de La Lys ficou marcada pela perda de milhares de homens entre mortos, feridos e prisioneiros.

http://ensina.rtp.pt/artigo/batalha-de-la-lys-documentario/

https://nabibliotequice.wordpress.com/2014/09/12/sugestao-de-leitura-3/

Atividade de leitura na biblioteca

Lendo um conto de Manuel Alegre


Hoje – 10 de janeiro – os alunos da turma 8ºB CEF da professora Josefa Costa estiveram numa atividade de leitura na biblioteca. Aproveitando o que restava da decoração de Natal, os alunos leram um conto de Manuel Alegre – ‘Uma estrela’.
Reunido o júri, este deliberou atribuir o 1º prémio à aluna nº 15, Miriam Ferreira Ribeiro.
O 2º e o 3º prémios foram atribuídos respetivamente ao nº 5, Fábio Pereira, e nº 24, Maria Silva Dias.

Foi, em seguida, solicitado aos alunos que produzissem pequenos textos onde pudessem exprimir as suas vivências da quadra natalícia.
Depois de lidos, a professora Josefa Costa e a professora bibliotecária decidiram que se poderia destacar o texto escrito pela aluna Miriam Ribeiro (nº15).

‘Normalmente eu e a minha família não comemoramos o Natal. Nessa noite é costume ficar com os meus pais a ver filmes engraçados na televisão e, como nos damos muito bem, passamos o tempo todo na brincadeira.
Este ano foi um pouco diferente. Fui viajar até Aveiro com os meus tios. Estive lá cinco dias. Como estava muito frio e a chover, estivemos mais tempo dentro de casa à lareira. Para dizer a verdade foi bom, pois acabamos por nos conhecer melhor (houve coisas que passei a saber e que não fazia ideia!).
Nos últimos dias o tempo esteve um pouco melhor, por isso decidimos ir visitar a “nossa” aldeia em Viseu.
Sinceramente, apesar de não comemorar o Natal, não me faz muita diferença, visto que eu passo os fins-de-semana com a minha família (quer da parte da mãe, quer da parte do pai).

Até mesmo os amigos dos meus pais acabam por ser como “meus tios e tias” (visto que gosto muito deles)
O facto de ter pessoas que realmente gostam de nós e que estão sempre connosco quando mais precisamos, é mais um dos motivos pelo qual me faz estar bem todos os dias.
Foram poucas palavras, mas as suficientes para descrever o quanto eu amo as pessoas da minha família e o quanto elas me amam, por isso não necessito de dias específicos para estar com elas.
estas férias sempre deram para descansar!
‘ (Miriam Ribeiro)

Dia da Restauração da Independência

restauracao
No dia 1 de dezembro de 1640 o Paço da Ribeira (Lisboa) foi invadido por 120 conspiradores para derrubar a Dinastia Filipina que governava Portugal desde 1580. Com a morte de D. Sebastião em Marrocos, seguiu-se um problema de sucessão que beneficiou a monarquia espanhola, que governou Portugal durante sessenta anos.

Imagem e nota histórica retiradas da página da ‘Raiz Editora’.